Pular para o conteúdo principal

DICAS| Filmes pra você se sentir bem (Parte 2)

Um tempo atrás eu tinha feito uma lista com uns cem 'feel good movies' que eu gostaria de ver, conforme ia assistindo ia marcando pra saber quais ainda faltavam ver,   mas como sou old fashioned, tinha feito essa lista em um papel que acabei perdendo quando me mudei. Então agora (conforme for me lembrando) vou colocando aos poucos minha lista aqui, assim posso dividir ela com vocês e ao mesmo tempo me certifico de que não vou perde-la novamente!


MINHAS TARDES COM MARGHERITTE (2011)




Olha eu começando a lista com dois filmes franceses. "Minhas tarde com Margherite" conta a história de amizade entre Germain (Gérard Depardieu) e Margheritte (Gisèle Casadesus), uma senhora de 95 anos que tem muito amor pela vida e pela literatura.

SEMENTES PODRES (2018)




Na história o jovem Waël (Kheiron) já passou por poucas e boas nesta vida, quando criança  teve sua família assassinada e viveu um bom tempo nas ruas até ser encontrado por uma freira. Já adulto Waël vive de dar pequenos golpes com Munique (Catherine Deneuve), sua melhor amiga. Tudo muda quando são pegos e obrigados a trabalharem voluntariamente em um centro que ajuda jovens carentes com problemas de disciplina. 




PEQUENA MISS SUNSHINE (2006)




Um road movie sobre família, sobre construir laços e sobre proteger que a gente ama. Olive (Abgail Breslin) sonha em participar do concurso de beleza Pequena Miss Sunshine, para realizar esse sonho toda sua família disfuncional embarca em uma viagem maluca. No fim da viagem nenhum deles é o mesmo de quando partiram.

PEIXE GRANDE E SUAS HISTÓRIAS MARAVILHOSAS (2003)




Edward Bloom (Ewan McGregor) sempre contou histórias fantásticas sobre sua vida para o filho William. Anos mais tarde, após a morte do pai, William decide investigar a veracidade das histórias que ele contou. As descobertas são emocionantes e de certa forma acabam criando uma conexão entre os dois que há muito tempo tinha sido perdida.

A ESCOLHA PERFEITA (2012)




Eu amo filmes que tem música e dança e, apesar de não ter gostado muito de "A escolha perfeita 2", eu indico muito o primeiro filme. Na história Beca (Anna Kendrick) está iniciando seus estudos na universidade, mesmo sem querer participar das atividades extra-curriculares, ela encontra seu lugar no grupo musical. O filme é bem leve e divertido, desses que a gente quer assistir sem ter que se preocupar com nada.


UP (2009)




Tirando os dez primeiros minutos do filme, que com certeza vão te fazer chorar, o restante é muito good vibes. A história é sobre amizade e sobre nunca ser tarde para correr atrás dos próprios sonhos.

CURTINDO A VIDA ADOIDADO (1986)




Ferris Bueller (Methew Broderick) é um daqueles caras que conseguem levar todo mundo na conversa. Para matar aula e aproveitar a vida antes que a formatura chegue  ele arma todo um plano que envolve fingir que está doente e curtir o dia com o melhor amigo e a namorada. 

MUDANÇA DE HÁBITO (1992)




Após se tornar testemunha de um  Homicídio a cantora Dolores Van Cartier (Whoopi Goldberg) entra para o Programa de Proteção a Testemunhas do governo e é obrigada a se disfarçar de freira em um convento. Apesar de insatisfeita no começo, ela vê sua vida se transformar, e também consegue  transformar a vida de outras pessoas quando leva seu estilo de música para aquela nova realidade. Eu já disse aqui que amo filmes que tem música?




ESCOLA DE ROCK (2004)




Dewey (Jack Black) é um guitarrista fracassado que após ser expulso da própria banda finge ser um professor de música em uma escola particular. O que ele não sabia era que ao dar esse golpe estava tendo a oportunidade de dar a volta por cima em sua carreira, além disso, ele tinha muito o que aprender com as crianças.

A VIDA SECRETA DE WALTER MITTY (2013)




Walter Mitty (Ben Stiller) é o encarregado do arquivo de fotografias da tradicional revista Life e, apesar  de viver as maiores aventuras dentro de sua cabeça, na vida real ele é tipo um hobbit que não tem coragem de se aventurar. Quando recebe a notícia de que a versão impressa da revista não vai mais existir, Mitty parte em uma verdadeira aventura para recuperar os negativos do que seria a capa  da última edição.

Veja também a primeira parte desta lista. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NETFLIX| É isso que dá ajudar Sementes Podres, babaca

O que um refugiado árabe que aplica pequenos golpes pode ensinar a um grupo de crianças marginalizadas? Essa pergunta é perfeitamente respondida em Sementes Podres (2018), que enche até o mais vazio dos corações de esperança.
Wael (Kheiron) um rapaz que cresceu vendo os horrores da vida, desde que perdeu os pais muito cedo, tenta se redimir ajudando um grupo de crianças que precisam cumprir detenção após a escola. Com o decorrer da história vamos conhecendo um pouco da intimidade das crianças, além de conhecermos a infância de Wael através de flashbacks. O ritmo do filme que lembra muito obras como “Mudança de Hábito” (1992) e “Ao mestre com carinho” (1967) é uma injeção de esperança em uma época que precisa acreditar que pessoas melhoram e podem dar certo.



Cheio de momentos marcantes, um pequeno diálogo chama a atenção quando o pequeno Wael (Aymen Wardane) fala para Monique (Ingrid Donnadieu) que Deus gosta de fazê-lo perder pessoas. Dirigido e roteirizado pelo próprio Kheiron, Seme…

TERROR| Vale a pena assistir ao filme "Mara"?

Esses dias eu vi algumas pessoas comentando sobre um filme de terror chamado "Mara" (2018) , sem saber muito bem que filme era esse fui verificar se ele estava disponível na Netflix para poder assisti-lo e dizer pra vocês se vale a pena ou não dedicar um tempo de vida a ele. 
O filme conta a história de Kate (Olga Kurylenko) uma psicóloga forense que se vê as voltas com um caso de assassinato misterioso no qual a única suspeita afirma que seu marido foi estrangulado na própria cama por um demônio do sono.

Eu achei que a história poderia ser interessante e, confesso que até fiquei com medo de não dormir a noite, já que eu tenho paralisia do sono e sou facilmente sugestionável. Porém o roteiro não entrega o que promete e acaba utilizando muitos 'jump scares' para assustar, esse recurso é tão utilizado que em dado momento o espectador já nem se assusta mais porque já está esperando por aquilo.
Outro ponto que também não me convenceu no filme foram as atuações, algumas …

SÉRIE| A maldição da residência Hill

Em outubro desse ano a Netflix estreou a primeira temporada da série de terror “A maldição da Residência Hill (The Haunting of Hill House)”, criada porMike Flanagane baseada no livro homônimo de Shirley Jackson (1959). A série conta a história da família Crane durante o período em moraram na mansão Hill e como os eventos que aconteceram na casa afetaram a família para sempre. Confesso que antes de assistir fiquei um pouco apreensiva, não porque tenho medo de filmes/ séries de terror (apesar de ser muito sugestionável), meu receio era a série ficar maçante com excessos de "jump scare", mas isso não aconteceu, os sustos são pontuais e a história fica muito mais focada no drama familiar.

Outro ponto a ser elogiado é a montagem dos episódios, os momentos em que passado e presente se intercalam foram construídos de maneira perfeita, sem ficar cansativo ou desgastante. É interessante reparar também que no inicio da série esses momentos eram avisados com legenda, mas depois foram fic…