Pular para o conteúdo principal

DICAS| 5 livros para quem quer conhecer Stephen King



Stephen King é uma verdadeira máquina de lançamentos. Com mais de 80 livros lançados, o escritor nascido em 1947 no estado do Maine (EUA) se mantém pertinente na cultura pop dia após dia, com diversas obras sendo adaptadas e readaptadas para o cinema e para a TV. 

Abaixo confira cinco obras para quem quer se aventurar e conhecer um pouco sobre a obra de Stephen King mas não sabe por onde começar:

5 – A Maldição do Cigano (1984)


Bill Halleck é um advogado que não tem muitos problemas em sua rotina além de seu excesso de peso. Sua vida segue normalmente até que um dia atropela uma velha cigana. Saindo impune pela justiça, Bill vê sua vida mudar quando o patriarca cigano, Taduz Lemke, sopra a maldição apenas pronunciando a palvra ‘emagrecido’ para Halleck. Daí em diante o advogado se vê em uma corrida para descobrir uma forma de quebrar a maldição enquanto perde peso sem parar.



4 – O Iluminado (1977)


Jack Torrence resolve aceitar o trabalho de caseiro do hotel Overlook durante o inverno. Sabendo que passará o tempo todo fechado no hotel graças as fortes nevascas, Jack não imagina o que as coisas que habitam o hotel podem fazer com ele e com sua família. Paralelo a isso vemos o pequeno Danny Torrence descobrindo todo o terror do hotel e vendo o que pode acontecer com seus pais em um “lugar desumano que cria monstros humanos”.
3 – Dr. Sono (2013)

A continuação de O Iluminado apresenta Dan Torrence, outrora Danny, mais de trinta anos após os eventos do primeiro livro. Dan tenta lidar com tudo o que vivenciou e não se transformar no homem que seu pai foi. Porém a vida de Dan cruza mais uma vez com os horrores que vivenciou no Hotel Overlook quando conhece Abra Stone, uma garota de 12 anos que detém uma iluminação muito forte, e se vê responsável por protege-la de um grupo itinerante de criaturas que se alimentam de iluminação conhecido como “O Verdadeiro Nó”.


2 – Misery: Louca Obsessão (1987)

Paul Sheldon é um escritor de sucesso que ficou famoso com uma série de romances protagonizados por Misery. Após matar a protagonista de suas obras e dar inico a uma nova fase literária chanada “Carros Velozes”, Paul sofre um acidente de carro e acaba sendo encontrado e sequestrado pela enfermeira e fã número um de Misery, Annie Wilkes. Em cárcere na casa Annie, o escritor se vê obrigado a escrever uma nova história sobre Misery e trazer a personagem de volta a vida.
1 – Joyland (2013)

Devin Jones é um garoto de 21 anos que resolve trabalhar no parque Joyland, na Carolina do Norte de 1973 após uma desilusão amorosa. Mas o que mexe com a vida do rapaz é Linda Grey, uma garota que foi assassinada no parque há anos. Logo Dev, com a ajuda do garoto Mike, embarca na investigação para tentar libertar o espirito de Linda que acredita-se que assombra o parque. Um dos livros mais sensíveis e emocionantes de Stephen King, que cumpre a promessa de te emocionar e partir seu coração.


E aí, qual livro do Stephen King você mais gosta? Conta pra gente nos comentários.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MARVEL| Avengers, Assemble!

[TEXTO COM SPOILER]


Sábado a noite eu fui assistir  Vingadores: Ultimato e, assim como todos os fãs que vem acompanhando a saga destes heróis nos últimos dez anos, eu estava muito ansiosa e com medo tanto me decepcionar, quanto de perder alguns dos meus personagens favoritos. Então já vou começar este texto dizendo que eu não me decepcionei, o filme é excelente e apesar de longo em nenhum momento ele fica arrastado ou cansativo.
Vou listar aqui alguns pontos do filme que me fizeram vibrar na cadeira do cinema:
OUTROS ÂNGULOS DA HISTÓRIA
Como muitas teorias já vinham falando em Vingadores:Ultimato os heróis voltam no tempo para consertar o estrago feito pelo estalar de dedos do vilão Thanos (Josh Brolin). A questão é que  eles não voltam para a batalha contra o vilão e sim para pegar de volta as Jóias do Infinito e assim poder trazer de volta as pessoas que tinham virado poeira. Porém o mais interessante disso é que eles voltam exatamente para momentos específicos de filmes anteriores e…

NETFLIX| É isso que dá ajudar Sementes Podres, babaca

O que um refugiado árabe que aplica pequenos golpes pode ensinar a um grupo de crianças marginalizadas? Essa pergunta é perfeitamente respondida em Sementes Podres (2018), que enche até o mais vazio dos corações de esperança.
Wael (Kheiron) um rapaz que cresceu vendo os horrores da vida, desde que perdeu os pais muito cedo, tenta se redimir ajudando um grupo de crianças que precisam cumprir detenção após a escola. Com o decorrer da história vamos conhecendo um pouco da intimidade das crianças, além de conhecermos a infância de Wael através de flashbacks. O ritmo do filme que lembra muito obras como “Mudança de Hábito” (1992) e “Ao mestre com carinho” (1967) é uma injeção de esperança em uma época que precisa acreditar que pessoas melhoram e podem dar certo.



Cheio de momentos marcantes, um pequeno diálogo chama a atenção quando o pequeno Wael (Aymen Wardane) fala para Monique (Ingrid Donnadieu) que Deus gosta de fazê-lo perder pessoas. Dirigido e roteirizado pelo próprio Kheiron, Seme…

CRÍTICA| Durante a tormenta

Durante a tormenta é um filme de drama/suspense espanhol, o longa foi lançado em 2018 e chegou este mês na Netflix. Devido a uma falha  no espaço-tempo causada por uma tempestade a jovem Vera Roy ( Adriana Ugarte) salva a vida de um garoto que morreu atropelado em 1989, no entanto ao mudar o passado ela também altera o futuro e faz com que  sua mude vida completamente.
Há muito tempo o cinema traz histórias de viagem no tempo e, um ponto em comum que a gente aprendeu em várias delas é que não se pode alterar o passado sem que haja muitas consequências no futuro. Em 'Durante a tormenta', Vera (Ugarte), perdeu sua filha, seu marido e toda a vida que ela conseguia se lembrar, mas com a ajuda do Inspetor Leyra (Chino Darín) ela vai tentar recuperar o que deixou para trás. Porém o que Vera (Ugarte) não se deu conta é que  em sua busca para recuperar uma vida antiga ela acabou não se importando em como estaria sua vida atual nesta nova realidade. 


Eu gostei muito de como o filme tra…