Pular para o conteúdo principal

NETFLIX| Lançamentos da Netflix em Janeiro

Nós do Marco do Percurso separamos para vocês algumas indicações das melhores séries e filmes que estarão disponíveis na Netflix  neste mês de janeiro!

ORGULHO E PRECONCEITO E ZUMBIS (01/01)


Eu já assisti esse filme mas resolvi coloca-lo aqui na lista porque gostei dele e  achei muito divertido ver a versão com zumbis do clássico livro de Jane Austen.

ORDEM NA CASA COM MARIE KONDO (01/01)


Acho que esta série está sendo uma febre nesse mês de janeiro. Estou recomendando ela aqui porque além dela tratar de assuntos como consumo consciente e organização de ambientes, a Marie Kondo me deu uma das histórias que mais me animam quando estou triste, vou ela contar pra vocês. Uma amiga minha leu o livro da Marie Kondo e resolveu ficar apenas com as roupas que ela amava, o problema é que a gente estava no verão e ela não amou nenhuma roupa de inverno, quando chegou julho minha amiga teve que comprar roupas novas pra não passar frio. Outro motivo pra eu indicar essa série aqui é te animar pra fazer aquela limpa no armário e doar aquelas roupas que vocês não usam mais, aqui em São Paulo a Casa 1 recebe suas doações, vou deixar o perfil deles no facebook linkado pra vocês darem uma olhada.

TITÃS - TEMPORADA 1 (11/01)


Eu gosto muito do desenho dos Jovens Titãs, além de adorar esse universo de super-heróis, então só isso já é motivo pra essa série estar aqui. 

SEX EDUCATION- TEMPORADA 1 (11/01)


Eu vi o trailer dessa série passando no meu feed do Facebook e achei que ela pode ser interessante. O elenco é excelente e o título é muito auto-explicativo sobre a temática da série.

ZOOTOPIA (15/01)


Ganhador do Oscar de Melhor Animação em 2017 o filme se passa em uma cidade comandada por animais. Na história uma raposa muito falante é acusada de um crime que não cometeu e, tem que provar sua inocência enquanto foge da polícia.

CLOSE (18/01)

Se tem uma coisa que você sempre vai ver aqui no blog são indicações de filmes e séries que valorizam mulheres fortes. Aqui nós temos a história de Sam (Noomi Rapace) , uma guarda-costas que recebe como missão treinar e proteger uma garota da mira de assassinos de aluguel. "Close" é dirigido por Vicky Jewson .

SONI (18/01)


Talvez essa seja minha cota "tênis verde" para as estreias da Netflix. Soni (Geetika Vidya Ohlyan) é uma  policial da cidade de Nova Delhi que ajuda a combater crimes violentos cometidos contra mulheres.

CARMEN SANDIEGO (18/01)


Esse é um remake de um desenho clássico que eu assistia quando era criança, então obviamente estou animada pra assistir. Estou louca pra saber "Onde está Carmen Sandiego?!"

PUNISHER- TEMPORADA 2 (18/01)



Eu gostei muito da aparição do Punisher  (John Bernthal) na segunda temporada de Demolidor (2016), porém quando assisti a primeira temporada da série própria dele eu não me animei, achei a série um pouco arrastada em alguns momentos e com cenas bem desnecessárias, tipo todas que tinham a Karen Page (Deborah Ann Woll). Esses dias vi o trailer da segunda temporada e fiquei mais animada, posso estar enganada mas tenho esperança que essa temporada vai ser melhor. A única coisa que fiquei meio decepcionada foi com o visual do Retalho (Ben Barnes), eu queria que ele estivesse mais desfigurado, como nos quadrinhos.

POLAR (25/01)


Esse filme é baseado em uma série homônima de  quadrinhos action noir. Um assassino de aluguel está prestes a se aposentar quando seu antigo empregador manda jovens assassinos para mata-lo. Porém isso é muito má ideia, porque aparente o cara era um dos melhores do ramo, tipo um John Wick, mas sem o cachorro.


...



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NETFLIX| É isso que dá ajudar Sementes Podres, babaca

O que um refugiado árabe que aplica pequenos golpes pode ensinar a um grupo de crianças marginalizadas? Essa pergunta é perfeitamente respondida em Sementes Podres (2018), que enche até o mais vazio dos corações de esperança.
Wael (Kheiron) um rapaz que cresceu vendo os horrores da vida, desde que perdeu os pais muito cedo, tenta se redimir ajudando um grupo de crianças que precisam cumprir detenção após a escola. Com o decorrer da história vamos conhecendo um pouco da intimidade das crianças, além de conhecermos a infância de Wael através de flashbacks. O ritmo do filme que lembra muito obras como “Mudança de Hábito” (1992) e “Ao mestre com carinho” (1967) é uma injeção de esperança em uma época que precisa acreditar que pessoas melhoram e podem dar certo.



Cheio de momentos marcantes, um pequeno diálogo chama a atenção quando o pequeno Wael (Aymen Wardane) fala para Monique (Ingrid Donnadieu) que Deus gosta de fazê-lo perder pessoas. Dirigido e roteirizado pelo próprio Kheiron, Seme…

TERROR| Vale a pena assistir ao filme "Mara"?

Esses dias eu vi algumas pessoas comentando sobre um filme de terror chamado "Mara" (2018) , sem saber muito bem que filme era esse fui verificar se ele estava disponível na Netflix para poder assisti-lo e dizer pra vocês se vale a pena ou não dedicar um tempo de vida a ele. 
O filme conta a história de Kate (Olga Kurylenko) uma psicóloga forense que se vê as voltas com um caso de assassinato misterioso no qual a única suspeita afirma que seu marido foi estrangulado na própria cama por um demônio do sono.

Eu achei que a história poderia ser interessante e, confesso que até fiquei com medo de não dormir a noite, já que eu tenho paralisia do sono e sou facilmente sugestionável. Porém o roteiro não entrega o que promete e acaba utilizando muitos 'jump scares' para assustar, esse recurso é tão utilizado que em dado momento o espectador já nem se assusta mais porque já está esperando por aquilo.
Outro ponto que também não me convenceu no filme foram as atuações, algumas …

SÉRIE| A maldição da residência Hill

Em outubro desse ano a Netflix estreou a primeira temporada da série de terror “A maldição da Residência Hill (The Haunting of Hill House)”, criada porMike Flanagane baseada no livro homônimo de Shirley Jackson (1959). A série conta a história da família Crane durante o período em moraram na mansão Hill e como os eventos que aconteceram na casa afetaram a família para sempre. Confesso que antes de assistir fiquei um pouco apreensiva, não porque tenho medo de filmes/ séries de terror (apesar de ser muito sugestionável), meu receio era a série ficar maçante com excessos de "jump scare", mas isso não aconteceu, os sustos são pontuais e a história fica muito mais focada no drama familiar.

Outro ponto a ser elogiado é a montagem dos episódios, os momentos em que passado e presente se intercalam foram construídos de maneira perfeita, sem ficar cansativo ou desgastante. É interessante reparar também que no inicio da série esses momentos eram avisados com legenda, mas depois foram fic…