Pular para o conteúdo principal

DICAS| Filmes para assistir durante o show da virada


Este texto é endereçado pra você amigo que ta sem grana pra viajar com os amigos e brigou com  a família por causa das eleições


Finalmente 2018 está chegando ao fim, esse ano que foi difícil pra muita gente (toca aqui amigues) está ficando pra trás e 1964 2019 está cada vez mais próximo. Pensando em ajudar quem ainda não sabe o que fazer nesse réveillon eu resolvi fazer uma lista de filmes (tem na Netflix) pra você que assim como eu não tem nada pra fazer!



     TOC TOC 



Crítica | TOC TOC - A comédia 'original' mais engraçada da Netflix

Esse filme é uma comédia espanhola lançada em 2017 e dirigida por Vicente Villanueva. O filme se passa em um consultório psiquiátrico, onde um grupo de pessoas com diferentes transtornos obsessivos esperam um médico que está atrasado. Aos poucos essas pessoas acabam se ajudando a enfrentar seus próprios dramas e acabam construindo uma relação de amizade.

NOSSAS NOITES



Um bom motivo pra assistir: Jane Fonda (que mulher meu povo). O filme conta a história de Addie (Jane Fonda) e  Louis (Robert Redford), dois viúvos  que moram em uma pequena cidade e resolvem dormir juntos para espantar a solidão. O interessante desse filme é justamente retratar o nascimento de um amor na terceira idade, a gente tem o costume de tornar invisível essas histórias, por isso é muito legal quando elas são finalmente contadas.

HISTÓRIAS CRUZADAS


Apenas uma frase: “Eat my shit”. Esse filme é maravilhoso, eu assisti ele em um domingo de manhã  (gente domingo de manhã e eu apaixonada por essa história). A primeira coisa que você tem que saber sobre esse filme é: o elenco é composto por Viola Davis, Octavia Spencer, Emma Stone e Jessica Chastain. Se esse elenco por si só não te fizer assistir então assista pela cena da torta de merda e pela sambada na cara dos racistas.

JÁ ESTOU COM SAUDADES



É uma história de amizade que você quer @? Então toma aí na sua cara esse filme lindo. Milly (Toni Collette) e Jess (Drew Berrymore)  são amigas de infância que se vêem em meio a um drama quando uma delas descobre um câncer de mama e a outra descobre uma gravidez. Marcado pelos altos e baixos que uma amizade tão longa pode ter o drama mostra a força que uma amizade verdeira pode nos dar em momentos difíceis.


Baseado em fatos reais esse filme conta a história de Maria Altmann (Hellen Mirren), uma mulher judia que na década de 80 resolve entrar na justiça contra o governo austríaco com o objetivo de reaver a obra Woman in Gold (Gustav Climt) que  retratava sua tia e que fora roubada de sua família por oficiais nazistas durante a segunda guerra mundial.

Vai ter luta!  Esse filme conta um pequeno trecho da história de vida de Martin Luther King Jr. O relato é focado principalmente nos eventos que culminaram na  marcha épica de Selma a Montgomery, Alabama, e na luta pelo direito dos negros americanos ao voto.

 TEMPO DE DESPERTAR



Baseado no livro homônimo, o filme se passa na década de 1960 e conta a história do neurologista Malcon Sayer (Robin Williams) durante seu trabalho com pacientes em estado catatônico e a luta pela administração de uma nova droga que pode ajudá-los a despertar da letargia que se encontram. 
Olha o Robin aqui de novo minha gente! Mais um filme antigo (1989) que se você ainda não viu, esse fim de ano é o momento. Mas adianto logo, não é um filme felizinho, já dei outras opções nesse post. Um professor nada tradicional tenta ensinar os verdadeiros valores da vida para um grupo de jovens garotos que vivem imersos nas pressões sociais e valores morais impostos por uma sociedade conservadora.

Nenhum desses filmes tem sua trama relacionada ao fim do ano, a ideia aqui é apenas te fazer rir, chorar e em alguns casos refletir...

Boas festas!





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRÍTICA| Operação Fronteira: um bom elenco para um roteiro mediano

Um dos lançamentos da Netflix em março deste ano foi o  longa de ação "Operação Fronteira". O filme estrelado por Ben Affleck, Charlie Hunnam, Garret Hedlund, Oscar Isaac e Pedro Pascal conta a história de cinco amigos e ex-combatentes do exército americano quando eles planejam assaltar a casa de um poderoso narco-traficante mexicano no meio da floresta Amazônica.
Pra ser sincera eu não achei o filme ruim, mas fiquei com a impressão de que faltava algo na história que prendesse mais a minha atenção. A sensação que o filme passa é sempre de que algo  muito ruim vai acontecer, ou de que o plano vai dar todo errado, e de certa forma é isso mesmo que acontece, mas acho que não exatamente do jeito que eu esperava. 
Outra coisa que me incomodou muito foi o fato de que a relação dos personagens não é bem contextualizada, ou seja, a gente não sabe como a relação deles começa, quais as dívidas que eles têm uns com os outros ou o porquê deles verem o personagem Tom Davis (Ben Affleck

CRÍTICA| Durante a tormenta

Durante a tormenta é um filme de drama/suspense espanhol, o longa foi lançado em 2018 e chegou este mês na Netflix. Devido a uma falha  no espaço-tempo causada por uma tempestade a jovem Vera Roy ( Adriana Ugarte) salva a vida de um garoto que morreu atropelado em 1989, no entanto ao mudar o passado ela também altera o futuro e faz com que  sua mude vida completamente.
Há muito tempo o cinema traz histórias de viagem no tempo e, um ponto em comum que a gente aprendeu em várias delas é que não se pode alterar o passado sem que haja muitas consequências no futuro. Em 'Durante a tormenta', Vera (Ugarte), perdeu sua filha, seu marido e toda a vida que ela conseguia se lembrar, mas com a ajuda do Inspetor Leyra (Chino Darín) ela vai tentar recuperar o que deixou para trás. Porém o que Vera (Ugarte) não se deu conta é que  em sua busca para recuperar uma vida antiga ela acabou não se importando em como estaria sua vida atual nesta nova realidade. 


Eu gostei muito de como o filme tra…

CRÍTICA| Loja de Unicórnios e a singela mensagem de amadurecimento

Loja de Unicórnios entrou para o o catálogo da Netflix Brasil no ultimo dia 05 de abril. O longa foi o primeiro trabalho como diretora da atriz Brie Larson (Capitã Marvel, 2019), ela também estrela a produção. Loja de Unicórnios foi lançado em 2017 e é uma adaptação do roteiro escrito por Samantha McIntyre.
Kit (Larson)  é uma jovem que ao ser expulsa da faculdade de Artes começa a se sentir um perfeito fracasso. Sem saber muito o que fazer de sua vida, ela teve que voltar a morar na casa dos pais e começa a tentar se adequar em um perfil que simplesmente não cabe nela. Após encontrar um emprego temporário em um escritório de comunicação, Kit recebe um convite para ir até A Loja, lá ela conhece o Vendedor (Samuel L. Jackson) e ele lhe oferece a incrível oportunidade de comprar seu próprio Unicórnio, mas antes ela precisa preencher alguns requisitos.


Este foi um filme que conversou muito comigo, porque a personagem passa por todo um processo para enfim conseguir se reencontrar. Ao ser …